Morreu a meio-soprano Dulce Cabrita

Dulce Cabrita, que como meio-soprano integrou o elenco do São Carlos e o Coro de Fernando Lopes-Graça, encontrava-se internada no Hospital do Barreiro há cerca de dois meses devido a uma infecção intestinal. O funeral de Dulce Cabrita realiza-se às 16h de sexta-feira na Igreja da Misericórdia do Barreiro para o cemitério de Vila Chã, naquela cidade.

A meio-soprano nasceu no Barreiro a 17 de Novembro de 1928. Irmã do fotógrafo Augusto Cabrita, foi companheira do escritor Diniz Machado. Era licenciada em economia e foi bibliotecária na Biblioteca Nacional. Numa entrevista ao semanário Expresso, de Novembro de 2009, Dulce Cabrita disse que os 80 anos lhe proporcionavam a “tranquilidade de quem aceita o despojamento total”. Sem querer palco ou glórias, bastava-lhe “cuidar do legado de Dinis [falecido a 3 de Outubro de 2008], a memória, o amor, o silêncio”.