Vettel é o mais jovem campeão mundial

Foto
Vettel festeja o título Reuters

Vettel venceu a corrida em Abu Dhabi, à frente de Lewis Hamilton. Fernando Alonso, que era o grande favorito, não foi além do sétimo posto e Mark Webber, outro dos grandes candidatos, terminou em oitavo. Alonso e Webber perderam na estratégia, tendo ido demasiado cedo às "boxes".

Ao vencer a sua quinta corrida da temporada, Vettel assegurou o seu primeiro título mundial, batendo também o recorde de juventude de Lewis Hamilton, que, em 2008, foi campeão aos 23 anos e 300 dias.

Na partida, Vettel segurou o primeiro lugar, à frente de Hamilton, enquanto Alonso perdeu um lugar para Button, mantendo-se, no entanto, à frente de Mark Webber.

Nas primeiras 15 voltas, Alonso esteve sempre como virtual campeão, rodando no quarto lugar, enquanto Vettel era primeiro.

Nesta última prova ainda havia quatro candidatos, mas na prática a luta resumiu-se a Vettel e Alonso.

O momento decisivo da corrida aconteceu à 15.ª volta. Alonso fez a primeira paragem nas “boxes”, o que se viria a revelar demasiado cedo, e regressou fora dos pontos.

O espanhol não mais conseguiu estar em situação de vencer o título, terminado em sétimo lugar. No fim da corrida, Alonso protestou mesmo com Petrov (Renault), que o impediu de chegar ao sexto lugar.

Já Vettel fez a corrida perfeita. Só não esteve em primeiro enquanto Button liderou a corrida (por ainda não ter ido às “boxes”), mas controlou sempre a prova.

Lewis Hamilton, que só tinha possibilidades de ser campeão se algo acontecesse aos rivais, foi segundo, à frente de Jenson Button. Curiosamente, o pódio de Abu Dhabi recebeu os três últimos campeões mundiais: Vettel, Hamilton e Button.

Nico Rosberg (Mercedes), Robert Kubica (Renault) e Vitaly Petrov (Renault) fizeram também uma excelente corrida, terminando, respectivamente, nos 4.º, 5.º e 6.º lugares.

Estes três pilotos acabaram por ser decisivos na atribuição do título, já que relegaram Alonso para o sétimo posto. Com a vitória de Vettel, o espanhol precisava de ficar em quarto para ser tricampeão.

Vettel terminou, assim, o Mundial com 256 pontos, mais quatro do que Alonso e mais 14 do que Marke Webber. A Red Bull já tinha assegurado, na semana passada, o título de construtores.

CLASSIFICAÇÕESGrande Prémio de Abu Dhabi

1.º Sebastian Vettel (ALE/Red Bull-Renault)1h39m36,837s2.º Lewis Hamilton (GBR/McLaren-Mercedes) a 10,162s
3.º Jenson Button (GBR/McLaren-Mercedes) a 11,047s
4.º Nico Rosberg (ALE/Mercedes) a 30,747s
5.º Robert Kubica (POL/Renault) a 39,026s
6.º Vitaly Petrov (RUS/Renault) a 43,520s
7.º Fernando Alonso (ESP/Ferrari) a 43,797s
8.º Mark Webber (AUS/Red Bull-Renault) a 44,243s
9.º Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso-Ferrari) a 50,201s
10.º Felipe Massa (BRA/Ferrari) a 50,868s
11.º Nick Heidfeld (ALE/Sauber-Ferrari) a 51,551s
12.º Rubens Barrichello (BRA/Williams-Cosworth) a 57,686s
13.º Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes) a 58,325s
14.º Kamui Kobayashi (JPN/Sauber-Ferrari) a 59,558s
15.º Sébastien Buemi (SUI/Toro Rosso-Ferrari) à 1m03,178s
16.º Nico Hülkenberg (ALE/Williams-Cosworth) à 1m04,763s
17.º Heikki Kovalainen (FIN/Lotus-Cosworth) a 1 volta
18.º Lucas Di Grassi (BRA/Virgin-Cosworth) a 2 voltas
19.º Bruno Senna (BRA/Hispania-Cosworth) a 2 voltas
20.º Christian Klien (AUT/Hispania-Cosworth) a 2 voltas
21.º Jarno Trulli (ITA/Lotus-Cosworth) a 4 voltas

Os outros pilotos não se classificaram

Mundial de pilotos

1.º Sebastian Vettel (ALE) 256,0 pts2.º Fernando Alonso (ESP) 252,0
3.º Mark Webber (AUS) 242,0
4.º Lewis Hamilton (GBR) 240,0
5.º Jenson Button (GBR) 214,0
6.º Felipe Massa (BRA) 144,0
7.º Nico Rosberg (ALE) 142,0
8.º Robert Kubica (POL) 136,0
9.º Michael Schumacher (ALE) 72,0
10.º Rubens Barrichello (BRA) 47,0
11.º Adrian Sutil (ALE) 47,0
12.º Kamui Kobayashi (JPN) 32,0
13.º Vitaly Petrov (RUS) 27,0
14.º Nico Hülkenberg (ALE) 22,0
15.º Vitantonio Liuzzi (ITA) 21,0
16.º Sébastien Buemi (SUI) 8,0
17.º Pedro de la Rosa (ESP) 6,0
18.º Nick Heidfeld (ALE) 6,0
19.º Jaime Alguersuari (ESP) 5,0

Mundial de construtores

1.º Red Bull 498,0 pts2.º McLaren 454,0
3.º Ferrari 396,0
4.º Mercedes GP 214,0
5.º Renault 163,0
6.º Williams F1 69,0
7.º Force India 68,0
8.º Sauber 44,0
9.º Toro Rosso 13,0

Notícia actualizada às 15h12