Confirmada prisão de suspeito assassino de Malmo

A justiça sueca decidiu manter detido provisoriamente um homem de 38 anos no fim-de-semana relacionado com o caso das tentativas de assassinato - e, num caso, pelo menos, com sucesso - de imigrantes na cidade de Malmo, no Sul do país.

Peter Mangs - dizem os media locais que é esse o seu nome e que sofrerá de síndroma de Asperger, uma forma de autismo que permite funcionar em sociedade -, enfrenta uma acusação de homicídio e cinco de tentativa, aparentemente com motivações racistas.

No mês passado, a polícia tornou público que 15 casos de ataque a tiro contra pessoas de pele escura ou imigrantes na zona de Malmo poderiam estar relacionados. Pouco depois, um lojista de origem iraniana escapou por pouco, porque se virou contra o atacante, que fugiu de bicicleta.

A detenção provisória terá de ser confirmada a 23 de Novembro, mas a procuradora Solveig Wollstad adiantou já que deve voltar a pedir um prolongamento, pois a investigação fez avolumar as suspeitas sobre este homem, relata a AFP.