Hulk: “Se Vieira não me conhecer, vai abrir os jornais e ver o meu nome”

Foto
Hulk festeja um dos seus golos Miguel Vidal/Reuters

“Se ele ainda não me conhecer, amanhã [hoje] vai abrir os jornais e ver o meu nome", disse Hulk, ainda sem esquecer a suspensão de que foi alvo na época passada, após os incidentes no túnel da Luz.

“Só eu sei o que passei e sofri por ter estado três meses sem jogar. É muita coisa para um jogador. Se na época passada tivesse jogado teria ajudado mais... Foi uma injustiça, mas é passado”, acrescentou ao avançado, que só pensa “em ser campeão pelo FC Porto”.

Confrontado com os elogios de que tem sido alvo, incluindo do treinador do Benfica, Hulk disse estar “feliz” por “marcar”: “Estou contente com a exibição de toda a equipa. Toda a gente deu o máximo.”

O brasileiro, no entanto, argumentou a vantagem de dez pontos para o segundo classificado ainda não garante o título: “É importante continuar com os pés no chão”, disse, salientando a necessidade de “manter a mesma humildade”.