Clássico

Villas-Boas: “Campeão? Perguntem ao treinador do Benfica...”

Villas-Boas aponta para o título?
Foto
Villas-Boas aponta para o título? Foto: Miguel Vidal/Reuters

O treinador do FC Porto não quis responder se já se sente campeão à décima jornada e remeteu a pergunta para Jesus. O técnico do Benfica falou que será difícil e que existem outras competições.

Villas-Boas (Treinador do FC Porto)

“Uma vitória sobre o Benfica é um sentimento especial, uma goleada então não é todos os dias. Foi o talento dos jogadores a resolver o jogo e, curiosamente neste jogo, foi a nossa organização defensiva que permitiu esta vitória. Isso facilitou as transições. Na segunda parte isso permitiu-nos uma vitória volumosa. Se já há campeão à 10.ª jornada? Faça essa pergunta ao treinador do Benfica e daí terá a minha resposta...”

“Só um colectivo muito forte e a qualidade de todos é que nos continuam a levar em frente e a dar prestigio a quem acredita em nós.”

“A única coisa que é importante perceber é que isso mexia numa dinâmica do Benfica, sem crítica nenhuma.”

“Apostou-se demasiado num duelo e passou-se o contrário.”

“Este jogo não é um jogo de duelos mas de duas organizações.”

“A resposta tem de ser dada pelos adversários porque têm de continuar a acreditar. Quem diz que este resultado é decisivo... Eu acredito que o Benfica tem uma grande organização e nesse sentido tenho de manter os meus jogadores em alerta.”

“É um desafio para nós manter os outros distantes.”

“Não me sinto a fazer história. Quero fazer aqui com títulos.”

“Mensagem à equipa técnica que me apoia. São todos decisivos. São essenciais no meu trabalho e é a eles que lhes dedico esta vitória.”

“Este arranque é normal. Vamos cumprindo com a vontade de ganhar. É mais demérito dos outros que se calhar não têm a sua organização tão forte. Temos conseguido fazê-lo jornada após jornada.”

Jorge Jesus (treinador do Benfica)

“O FC Porto esteve forte. Sabíamos que tínhamos de parar os flanqueadores, principalmente o Hulk mas não o conseguimos fazer. A ideia era ter um jogador forte no um-contra-um, mas o Hulk teve uma noite inspirada.”

“Na primeira parte quando o FC Porto se pôs a vencer por 3-0 – em quatro situações ofensivas fez três golos – e depois o Luisão foi expulso, com mais um jogador conseguiu pôr-nos a correr atrás da bola. Fez o quarto e o quinto golo...”

“Foi uma noite inspirada do FC Porto e o Benfica não esteve tão bem. O FC Porto hoje foi mais forte que o Benfica.”

“Estamos no primeiro terço do campeonato, é verdade que tem uma pontuação significativa e que isso moraliza a equipa e os jogadores, mas ainda há muito campeonato. Há mais provas oficiais para ganhar... O campeonato não esta decidido, mas esta difícil. São pontos que vamos tentar recuperar mas não é fácil.”

Hulk (avançado do FC Porto)

“Fico feliz por ter marcado, mas mais feliz pela exibição da equipa. Temos de continuar com os pés no chão, o campeonato começou agora, nada se decide na décima jornada, faltam vinte, por isso temos de ter a mesma humildade para continuar com estes resultados positivos. Um atacante vive de golos e isto era um clássico, fico feliz.”

Roberto (guarda-redes do Benfica)

“Quando não saímos a jogar é normal que uma equipa com a qualidade do FC Porto crie tanta diferença. Sofremos três golos muito rápido. Domingo temos outro jogo e temos de aprender com as coisas que não saíram bem. Vamos tentar ser campeões.”