Euro 2012

Distúrbios em Itália valem à Sérvia derrota por 3-0 e um jogo à porta fechada

Ivan Bogdanov é a imagem de marca desse encontro
Foto
Ivan Bogdanov é a imagem de marca desse encontro Alessandro Garofalo/Reuters

A Comissão de Disciplina da UEFA puniu hoje a Sérvia com uma derrota por 3-0 e decretou um jogo à porta fechada, depois dos incidentes registados em Génova na última jornada da fase de qualificação para o Euro 2012.

Em causa está o encontro realizado em Génova, no dia 12 de Outubro, a contar para o Grupo C da fase de apuramento para o Europeu. Antes da partida, alguns incidentes provocados pelos adeptos da Sérvia geraram apreensão, mas tudo se precipitou quando algumas tochas foram arremessadas para o relvado.

Com o encontro já a decorrer, e apenas seis minutos após o apito inicial, o árbitro decidiu cancelar a partida por considerar que não estavam reunidas as condições de segurança. Para a posteridade, ficou a imagem de um adeptos sérvio, encapuzado, a exibir a saudação nazi no topo da rede que impedia o acesso ao relvado.

Com o jogo suspenso, e com 0-0 no marcador, a UEFA prometeu, no dia seguinte, analisar o relatório da ocorrência tão depressa quanto possível. A decisão chegou hoje, através do Comité de Disciplina e depois de pedidos de desculpa de responsáveis sérvios: derrota por 3-0, um jogo em casa disputado à porta fechada e um segundo jogo a que foi aplicada a mesma sanção, mas com pena suspensa.

Contas feitas ao Grupo C, a Itália passa a liderar com 10 pontos (mais três que o segundo classificado, a Eslovénia), enquanto a Sérvia cai para o penúltimo lugar, com quatro pontos em outros tantos jogos.