Novas tabelas publicadas hoje

Prestação do abono de família reduzida a partir de segunda-feira

Famílias receberão menos abono
Foto
Famílias receberão menos abono Foto: Paulo Ricca

Quem mantém direito a abono de família verá a prestação reduzir-se já a partir da próxima segunda-feira. No escalão mais baixo os cortes chegam aos 33,96 euros.

De acordo com uma portaria hoje publicada em Diário da República, o abono passará a ter novos montantes, com consequências no bolso dos agregados familiares. No primeiro escalão e para uma família com um filho, a perda oscilará entre os 8,49 e os 33,96 euros, consoante a idade da criança.

Actualmente, uma família com um filho situada no primeiro escalão (isto é, com um rendimento mensal inferior ou igual a 209,61 euros) recebia 174,72 euros de abono caso a criança tivesses menos de 12 meses, ou 43,68 euros se tivesse mais de 36 meses.

O abono pago em Novembro já deverá chegar ajustado. Passará a ser de 140,76 euros para as crianças com menos de um ano e de 35,19 euros para as crianças acima desta idade.

No segundo escalão, e para o mesmo exemplo, há uma redução entre 7,04 e 28,17 euros.

No terceiro escalão, os montantes mantêm-se como actualmente,daod que não tinham qualquer majoração.

As novas tabelas vêm na sequência de um diploma publicado na semana passada que eliminou a majoração de 25 por cento dada aos agregados nos escalões de rendimento mais baixos, uma decisão que itnha sido tomada em 2008. Além disso, acabou com o abono de família no 4º e 5º escalões.

O conceito de agregado familiar também foi alterado, o que reduzirá o universo de pessoas abrangidas pelos abono, mesmo nos escalões mais baixos.

Notícia actualizada às 12h21