Aos 74 anos

Morreu Fernando Pernes, primeiro director artístico da Fundação de Serralves

Fernando Pernes, o primeiro director artístico da Fundação de Serralves, faleceu sábado no Porto, aos 74 anos, vítima de uma pneumonia, informou hoje aquela instituição.

Em comunicado, a Fundação de Serralves refere que o corpo de Fernando Pernes está em câmara ardente na capela de Nossa Senhora da Boavista, no Porto. A missa de corpo presente na Capela do Foco, a que se seguirá o funeral no Cemitério de Ramalde, está marcada para segunda feira, às 14h30.

A Fundação de Serralves lembra que Pernes, que entre 1987 e 1996 esteve à frente da direcção artística da instituição, dedicou “toda a sua vida ao ensino e à crítica de arte”, da qual foi “um dos maiores protagonistas na história da cultura portuguesa do século XX”.

“Grande divulgador da arte do nosso tempo”, a mesma fonte lembra que Pernes desempenhou ainda as funções de assessor cultural do Conselho de Administração de Serralves, no contexto das quais realizou vários cursos de Iniciação à Arte Moderna e Contemporânea e orientou programas de viagens culturais aos mais importantes museus de todo o mundo.

A vida e obra de Fernando Pernes, destaca a mesma fonte, foram reconhecidas através da atribuição pelo Presidente da República Mário Soares da Comenda da Ordem de Mérito e também da Medalha de Ouro da Cidade do Porto pela Câmara Municipal da cidade.