Euro 2012

Paulo Ferreira também renunciou à selecção

O último jogo de Paulo Ferreira pela selecção portuguesa foi frente à Costa do Marfim, no Mundial 2010
Foto
O último jogo de Paulo Ferreira pela selecção portuguesa foi frente à Costa do Marfim, no Mundial 2010 Reuters (arquivo)

O defesa Paulo Ferreira é o terceiro jogador a renunciar à selecção portuguesa após o Mundial 2010 de futebol, disse à Agência Lusa uma fonte próxima do lateral do Chelsea.

A renúncia de Paulo Ferreira, 31 anos (62 internacionalizações), segue-se às de Deco, oficializada logo após a eliminação de Portugal na África do Sul, e à de Simão Sabrosa, que foi conhecida sexta-feira.

A decisão do jogador do Chelsea foi comunicada há algumas semanas ao seleccionador Carlos Queiroz, tendo este tentado demovê-lo, sem êxito, tal como já aconteceu com Simão Sabrosa, segundo a fonte contactada pela Lusa.

Perante a firmeza do jogador, foi-lhe pedido que, à semelhança de Simão, enviasse uma carta dirigida ao presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Gilberto Madaíl, a oficializar a sua renúncia, o que deverá suceder no decorrer desta semana.

Portugal inicia a fase de qualificação para o Europeu de 2012 no dia 3 de Setembro, sexta-feira, frente à selecção do Chipre, em Guimarães, jogando quatro dias depois com a Noruega, em Oslo.

Neste domingo foi divulgada a primeira convocatória para a fase de qualificação, assinada pelo adjunto Agostinho Oliveira devido ao castigo disciplinar, de um mês de suspensão, aplicado a Carlos Queiroz.