Segundo adiamento

Leitura da sentença do processo Casa Pia adiada para 3 de Setembro

Processo dura há cinco anos
Foto
Processo dura há cinco anos Sara Matos

O colectivo de juízes que está a julgar o processo Casa Pia decidiu hoje adiar de 5 de Agosto para 3 de Ssetembro a leitura do acórdão, disse um advogado à agência Lusa.

A fonte indicou que os juízes alegaram necessidade de mais tempo para escrever o acórdão, que imediatamente a seguir à sua leitura tem de estar pronto e corrigido para ser depositado na secretaria e consultado pelas partes.

O colectivo de juízes, presidido por Ana Peres, concluiu que, até 5 de agosto, não tinha tempo para transcrever todo o acórdão que se prevê ter milhares de páginas, pelo que decidiu adiar a sua leitura mais uma vez.

Assim, segundo a última informação dos juízes, a decisão do processo Casa Pia será conhecido dia 3 de Setembro a partir das 9h30.

O julgamento do processo Casa Pia dura há mais de cinco anos e senta no banco dos reus o ex-motorista casapiano Carlos Silvino, o ex-provedor adjunto da instituição Manuel Abrantes, o apresentador de televisão Carlos Cruz, o embaixador Jorge Ritto, o médico João Ferreira Diniz, o advogado Hugo Marcal e Gertrudes Nunes, dona de uma casa em Elvas onde alegadamente ocorreram abusos sexuais de jovens casapianos.

Notícia substituída às 13h48