Teixeira dos Santos no Parlamento

ANA privatizada aquando da construção do novo aeroporto de Lisboa

O ministro de Estado e das Finanças, Teixeira dos Santos, garantiu hoje no Parlamento que a ANA será privatizada no âmbito da construção do novo aeroporto de Lisboa, estando por definir em que momento ocorrerá esta operação.

O ministro falava na Assembleia da República, durante uma interpelação do PCP ao Governo sobre o pacote de privatizações previsto no Programa de Estabilidade e Crescimento.

“A ANA vai ser privatizada, no âmbito da construção do novo aeroporto. A decisão que há a tomar é o momento exacto”, se será “logo no início ou durante a execução do projecto” daquela infraestrutura, referiu Teixeira dos Santos, respondendo a questões do PSD, CDS e Bloco de Esquerda, que apontaram ao Governo contradições sobre as intenções de privatização sobre a empresa responsável pela gestão dos aeroportos.

Segundo o ministro, o momento da privatização da ANA “dependerá muito das condições de acesso a financiamento e da alavancagem que o novo aeroporto dará à valorização da ANA enquanto activo”.

Teixeira dos Santos salientou que não seria “defender o interesse patrimonial do Estado” se a empresa fosse privatizada sem que estivesse assegurado a maximização do seu valor, pelo que o Governo terá de “escolher o melhor momento” para efectuar esta operação.