Portugal bate recorde europeu na abertura de shoppings

A Europa registou, em 2009, a maior quebra na abertura de centros comerciais dos últimos 15 anos. Portugal foi o único país que assistiu a um aumento. Aliás, no ano passado, o país atingiu um máximo histórico em termos de espaço inaugurado, ao abrir ao público mais 280 mil metros quadrados, distribuídos por nove projectos, de entre os quais o maior shopping nacional, o Dolce Vita Tejo. Apesar de ter contrariado a tendência em 2009, a consultora Cushman & Wakefield defende que o actual enquadramento económico vai condicionar o crescimento potencial da oferta em Portugal, "tendo-se assistido a uma redução substancial do número de centros comerciais previstos até 2011".

O mesmo se passará no resto da Europa, prevendo-se que "em 2011 se registe o nível mais baixo dos últimos sete anos, com pouco mais de cinco milhões de metros quadrados a serem concluídos". Valor que corresponderá a uma "descida de 46 por cento, comparando com o recorde de 2008".