Castigo de Hulk reduzido a três jogos e de Sapunaru a quatro

Foto
Hulk tinha sido castigado por quatro meses e verá esta punição alterada Foto: Miguel Vidal/Reuters

Estas decisões foram já confirmadas no site da FPF. Hulk tinha sido castigado pela Comissão Disciplinar da Liga com quatro meses de suspensão, pelas agressões no túnel da Luz, após o Benfica-FC Porto, de 20 de Dezembro do ano passado. Agora viu o castigo ser revisto para três jogos e multa de 2500 euros.

Já Sapunaru, que entretanto foi emprestado ao Rapid de Bucareste, viu a punição ser reduzida de seis meses para quatro jogos (incluindo uma multa de 4500 euros).

Os argumentos do Conselho de Justiça ainda não são conhecidos e este órgão limitou-se anunciar que foi “convolada a condenação”. Isto quer, dizer que o castigo de quatro meses a Hulk e seis meses a Sapunaru foi alterado.

O recurso apresentado pelo FC Porto solicitava a nulidade do acórdão da Comissão Disciplinar da Liga, alegando que os "stewards" não são intervenientes no jogo.

A CD da Liga enquadrou o comportamento de Hulk e Sapunaru num artigo que previa uma suspensão entre seis meses e três anos, tendo encontrado atenuantes no caso do avançado brasileiro, que reduzia os castigos previstos para um período entre três meses e um ano e meio.

O enquadramento disciplinar defendido pelo FC Porto no recurso era de dois a seis jogos de suspensão. E foi precisamente isso que o CJ entendeu.

A Comissão Disciplinar (CD) da Liga Portuguesa de Futebol "aguarda a notificação e acórdão" do Conselho Justiça da FPF em relação à redução dos castigos a Hulk e Sapunaru, e "depois irá analisá-lo", disse à Lusa fonte da Liga.

Vandinho continua castigado

O Conselho de Justiça, por outro lado, não deu provimento ao recurso de Vandinho, jogador do Sporting de Braga, que vai mesmo cumprir três meses de suspensão, por tentativa de agressão ao treinador adjunto do Benfica, Raul José, no intervalo do encontro Braga-Benfica, 1 de Novembro do ano passado.

Do mesmo modo, o CJ confirmou os castigos aplicados a Mossoró (três jogos) e Ney (dois), por incidentes na mesma partida de 1 de Novembro.

Notícia actualizada às 16h09