Jane Campion: Assédio sexual na Índia

Foto

As realizadoras Jane Campion e Ayesha Arif Khan queixaram-se oficialmente às autoridades indianas de assédio sexual no 5º Festival Internacional Feminino de Cinema da Índia, em Nova Deli, noticiou ontem o diário britânico The Independent. A festa deveria honrar as mulheres da indústria, mas não só a cerimónia de abertura foi cancelada, como se diz que afi nalnão havia propriamente um festival.

Auditórios vazios, imprensa ausente, mais relatos negativos de outras fontes, uma confusão que leva Jane Campion a dizer que o festival é "uma fraude escandalosa". Como se não bastasse, Campion e Khan dizem ter sido assediadas por Bhaskar Deb, marido da directora do festival, Shyamali Banerjee. Deb terá feito "avanços libidinosos e mal educados" sobre Jane Campion e Khan queixa-se de ter sido "repetidamente empurrada" pelo mesmo homem, que insistia em dar-lhe álcool. Os visados negam tudo - Bhaskar Deb diz que Campion "é uma racista australiana" (a realizadora é neozelandesa) e a sua mulher diz que as acusações não têm fundamento.