Liga

Paços e Leixões dividem pontos

Paços de Ferreira e Leixões empataram esta tarde a uma bola na Mata Real.

Atingiu o seu limite de artigos gratuitos

Um golo de William, aos 51', colocou a equipa da casa em vantagem, mas, aos 71', os homens de Matosinhos conseguiram chegar à igualdade, na sequência de uma grande penalidade finalizada por Hugo Morais.

Um golo que surgiu três minutos depois do Leixões ficar em inferioridade numérica, após a expulsão de Jean Sony, punido por uma entrada violenta sobre Cristiano.

O ponto conquistado pela equipa de Matosinhos acaba por ser suficiente para sair da zona de despormoção, face às derrotas do Olhanense e do Vitória de Setúbal.

Jogo no Estádio da Mata Real, em Paços de Ferreira. Assistência Cerca de mil espectadores.P. Ferreira Cássio, Baiano, Ricardo, Danielson, Maykon, Filipe Anunciação (Fábio Pacheco, 80’), Pedrinha (Roncatto, 46’), Leonel Olímpio, Manuel José (Carlitos, 72’), Cristiano e William.
Leixões Diego, Nuno Silva, Joel, Tucker, Gallo, Fernando Alexandre, Wénio, Hugo Morais, Jean Sony, Leo (Pouga, 56’, por Trombetta, aos 90’) e Braga (Fábio Espinho, 83’).
Árbitro: Bruno Paixão (Setúbal)
Amarelos: Tucker (38’), Nuno Silva (44’), Fernando Alexandre (45’), Filipe Anunciação (59’), Baiano (65’), Danielson (70’), Pouga (73’), Braga (77’).
Vermelhos: Jean Sony (67’).
Golos: 1-0, William, aos 50’; 1-1, Hugo Morais (pen.), aos 71’.