Rodrigo Areias

Rodrigo Areias
Foto
Rodrigo Areias Enric Vives-Rubio

No meio de tanta actividade - foi músico e editor, em plataforma de produção, Bando à Parte - ainda tem tempo para videoclips

Está imerso no cinema, na produção e realização, há dez anos. Aos 31 anos, já realizou uma longa ("Tebas"), várias curtas, documentários e vídeo-arte. Andou pela escola das artes do Porto, em som e imagem, e fez um curso de especialização em realização em Nova Iorque. Foi músico e editor no contexto da editora Garagem. Em 2004 formou uma companhia própria, Periferia Filmes (filmes de Edgar Pêra ou João Canijo) e mais recentemente uma plataforma de produção, Bando à Parte. No meio de tanta actividade, ainda tem tempo para videoclips (Legendary Tigerman, WrayGunn, d30, Sean Riley & The Slowriders ou Bezegol). Um videoclip marcante? "Sabotage" dos Beastie Boys por Spike Jonze. O último que o impressionou: "Treat me like your mother" dos Dead Weather, por Jonathan Glazer.

www.myspace.com/rodrigoareias

 

www.periferiafilmes.com