Classificação do GP de São Marino
1. Valentino Rossi (Yamaha), 44m32,882s
2. Jorge Lorenzo (Yamaha), a 2,416s
3. Dani Pedrosa (Honda), a 12,400s
4. Andrea Dovizioso (Honda), a 26,330s
5. Loris Capirossi (Suzuki), a 26,539s
6. Toni Elias (Honda), a 28,286s
7. Mika Kallio (Ducati), a 30,184s
8. Marco Melandri (Kawasaki), a 31,757s
9. Chris Vermeulen (Suzuki), a 31,909s
10. James Toseland (Yamaha), a 38,347s
11. Aleix Espargaro (Ducati), a 46,673s
12. Randy de Puniet (Honda), a 52,041s
13. Niccolo Canepa (Ducati), a 1m03,198s
14. Gabor Talmacsi (Honda), a 1m22,347s

Os restantes pilotos não se classificaram.
MotoGP

Valentino Rossi volta às vitórias em São Marino

Rossi aumentou a vantagem no Mundial
Foto
Rossi aumentou a vantagem no Mundial REUTERS/Yuriko Nakao

O piloto italiano da Yamaha conquistou este domingo a sexta vitória da temporada, no Grande Prémio de São Marino. A correr em casa, Rossi conquistou um triunfo confortável, o 103.º da sua carreira.

“Il dottore” saiu da “pole position”, mas não teve um bom início de corrida. Rossi foi ultrapassado e chegou a andar em quarto lugar, atrás de três espanhóis: Dani Pedrosa, Toni Elías e Jorge Lorenzo.

No entanto, o italiano, campeão mundial em título, foi recuperando posições e à sétima volta ao circuito de Misano chegou à liderança, que não mais deixou. Na frente, Valentino Rossi foi alargando a vantagem face aos perseguidores até à vitória, que premiou o piloto mais regular deste fim-de-semana: o italiano foi o mais rápido nos treinos livres, na qualificação e no “warm-up”.

Jorge Lorenzo, companheiro de equipa e rival de Rossi, foi segundo no Grande Prémio de São Marino, tendo o pódio ficado completo com Dani Pedrosa.

Com esta vitória, Valentino Rossi consegue aumentar a vantagem relaativamente a Lorenzo no Mundial de pilotos. O italiano passa a somar 237 pontos, mais 30 que Lorenzo. Com o terceiro lugar em São Marino Dani Pedrosa ascendeu ao terceiro posto do Mundial com 157. O espanhol ultrapassou Casey Stoner, que não participou nas últimas três provas por razões médicas.

A próxima prova do Mundial de motociclismo é o Grande Prémio de Portugal, no circuito do Estoril, dentro de um mês.