Espanha

Jogador do Espanyol morre vítima de ataque cardíaco

O futebolista espanhol Daniel Jarque, jogador do Espanyol de Barcelona, morreu este sábado, vítima de ataque cardíaco, durante o estágio que a equipa está a realizar em Itália, revelou fonte do clube catalão.

Os companheiros de equipa notaram a ausência do “capitão” do conjunto espanhol no hotel onde a equipa estava hospedada, em Coverciano (Itália), e acabaram por encontrá-lo inanimado no seu quarto. O jogador, de 26 anos, ainda foi transportado para o hospital, mas os médicos já não conseguiram reanimá-lo.

De acordo com o jornal espanhol “El País”, Daniel Jarque encontrava-se a falar ao telefone com a namorada quando caiu inanimado no chão. Ela avisou então um colega de equipa, que encontrou o jogador desfalecido no chão do quarto. O responsável médico do Espanyol fez massagem cardíaca e recorreu a um desfibrilhador, mas sem sucesso.

Segundo o periódico espanhol “As”, Jarque foi transportado para as urgências do hospital de Florença, onde as tentativas de reanimação do jogador também não deram resultados. Segundo o mesmo jornal, o coração de Daniel Jarque não reagiu à massagem cardíaca nem às injecções de adrenalina e atropina, pelo que foi declarado o óbito.

Daniel Jarque encontrava-se no melhor momento da sua carreira, tendo sido escolhido pelo treinador Mauricio Pochettino para “capitão” de equipa. “É um orgulho e um desafio defender esta camisola”, confessou Daniel Jarque quando recebeu essa distinção.

A direcção do Espanyol já suspendeu o estágio e a equipa regressa no domingo a Barcelona, tendo cancelado os encontros particulares com o Bolonha e o Livorno, que seriam disputados nos próximos dias.

O defesa catalão foi formado no clube de Barcelona e tinha sido nomeado “capitão” de equipa esta época, substituindo Raul Tamudo. O presidente do FC Barcelona, Joan Laporta, já endereçou condolências “pela trágica perda” à família do jogador e ao clube rival da cidade.