Garantiu ministro das Finanças

Estado ainda não injectou "um euro" no BPN

O ministro assegurou que o Estado ainda não injectou capital no BPN, mas admitiu "que a CGD já injectou liquidez no valor de 2,5 mil milhões de euros".

"Mas a CGD pode a qualquer momento ir ao BCE buscar a liquidez que injectou em condições favoráveis", é como se trata-se de um financiamento obtido junto do BCE, garantiu o ministro, adiantando que até agora o "Estado não suportou um euro sequer com a nacionalização."

O ministro das Finanças, que está a ser ouvido na comissão de inquérito, assegurou aos deputados que vai facultar-lhes o relatório contas do BPN de 2008, e que ainda não foi publicado. Teiteixa dos santos reagia a uma critica do deputado centrista Nuno Melo, que se queixou da recusa do governador do Banco de Portugal, Vítor Constâncio, em disponibilizar aos deputados as contas finais do BPN de 2008. "Não peça ao BdP, mas sim a quem lho pode facultar o BPN ou o accionista, que sou eu".

Sugerir correcção