PS chumba proposta para suspender construção do novo Museu dos Coches

O projecto de resolução apresentado pelos comunistas propunha também a abertura de um processo de discussão pública sobre a construção do museu e mereceu ainda a abstenção da bancada do Bloco de Esquerda.

Segundo o projecto de resolução do PCP, o Governo “não conseguiu até hoje explicar a necessidade de construir um novo Museu dos Coches, muito menos justificar a construção desse museu como prioritária face a outras necessidades de investimento museológico ou cultural”.

Considerando a decisão do Governo “desastrosa”, o deputado comunista João Oliveira defendeu a suspensão “imediata” do processo de construção do novo Museu dos Coches nas instalações das antigas Oficinas Gerais do Exército, além de um processo de discussão pública sobre o projecto e as suas consequências para os museus e serviços envolvidos.

Durante a discussão da proposta no Parlamento, a 4 de Junho, o deputado do Bloco de Esquerda Fernando Rosas criticou o facto de não ter sido aberto um concurso para a obra e para a escolha do arquitecto.

Também a deputada do PSD Zita Seabra criticou a construção de um novo edifício público orçado em cerca de 30 milhões de euros sem concurso público para a escolha do arquitecto.

Zita Seabra considerou que a verba poderia ser utilizada em outros museus que necessitam “urgentemente” de obras de conservação e restauro.

O deputado do Partido “Os Verdes” manifestou-se igualmente contra a construção de um novo museu e adiantou que o Governo ainda não explicou qual o motivo da mudança de instalação. “Só vejo uma justificação: há dinheiro, gasta-se”, realçou.

Por sua vez, o deputado socialista João Serrano argumentou que “faz todo o sentido” esta nova construção.