PSD admite votar moção do CDS/PP

Foto
Rio diz que só falta ler a moção Paulo Rica (arquivo)

“Isso foi debatido, mas nós não temos a moção de censura na mão, portanto, não podemos decidir sem ter a moção de censura e sem ver a argumentação", revelou o vice-presidente do PSD, durante a conferência de imprensa realizada a meio dos trabalhos. Interrogado sobre qual é a posição de princípio do PSD, Rui Rio respondeu: “Apresentada uma moção de censura no Parlamento a este Governo, é muito difícil o PSD não votar a favor. Dificilmente haverá um texto que não nos deixe votar a favor". "De qualquer maneira, temos de ver o texto", admitiu.

Questionado sobre se no entender do PSD se justifica a apresentação de uma moção de censura ao Governo na sequência da derrota do PS nas eleições europeias, Rui Rio referiu que "o PSD não apresentou moção de censura", enquanto o CDS-PP optou por apresentar e "está no seu legítimo direito".