Wikipédia proíbe Igreja da Cientologia de editar textos

Foto
A política editorial da Wkipédia sempre foi a de que os artigos devem ser neutrais e isentos DR

A Wikipédia decidiu que todos os IP’s pertencentes e operados pela Igreja da Cientologia e seus associados vão passar a ficar bloqueados.

Diversos contribuintes individuais estão já actualmente proibidos de editarem textos sobre a Cientologia e enfrentam a possibilidade de serem banidos se tentarem quebrar essa imposição.

Este é o quarto incidente entre a Wikipédia e a Igreja da Cientologia em quatro anos. O cerne da questão está na chamada “guerra de edição” entre a Igreja da Cientologia e os seus seguidores e críticos, uns tentando dar uma imagem favorável da instituição, e outros, pelo contrário, querendo dar a conhecer “os podres” da polémica Igreja.

A política editorial da Wkipédia sempre foi a de que os artigos devem ser neutrais e isentos.

Esta proibição da Wikipédia à Cientologia foi primeiramente noticiada pelo site The Register, indicando que a Igreja da Cientologia tem montada uma bem oleada máquina de edição de textos na Wikipédia, para que as criticas contra a instituição não sejam publicadas.

A Cientologia foi fundada por Lafayette Ronald Hubbard há 56 anos. A Igreja teve a sua fase embrionária no início da década de 50 quando L. R. Hubbard, que até então tinha dividido a sua vida adulta entre escritor de ficção científica de relativo sucesso e uma carreira militar decepcionante, convenceu o seu editor a publicar o primeiro artigo sobre dianética. No ano seguinte lançaria o livro entitulado Dianética: A Ciência Moderna da Saúde Mental que rapidamente se tornou um best-seller, vendendo 150.000 cópias num ano. Nele, Hubbard enuncia algumas práticas de auto-ajuda e é, ainda hoje, um dos pilares mais importantes da religião. Finalmente, em 1952 viria a fundar a Igreja da Cientologia, que liderou até à sua morte em 1986.

Nos últimos anos, as notícias sobre a Cientologia têm estado ligadas aos seus membros mais famosos. Músicos e actores de televisão ou de cinema que se assumem como cientologistas, e alguns fazem mesmo trabalhos de divulgação da igreja. Nomes como John Travolta, Beck, Jason Lee, Lisa Marie Presley, Kirstie Alley e, claro, Tom Cruise e a sua mulher Katie Holmes. Cruise tem sido um verdadeiro embaixador da Igreja da Cientologia, promovendo-a sempre que pode.