Ahmadinejad anunciou hoje o teste

Irão lança míssil terra-terra com capacidade para atingir Israel

Ahmadinejad diz que enviará "para o inferno" os inimigos de Israel
Foto
Ahmadinejad diz que enviará "para o inferno" os inimigos de Israel CAREN FIROUZ/Reuters

O Irão anunciou hoje ter lançado com êxito um míssil terra-terra Sejil 2, com um raio de acção de dois mil quilómetros, o que lhe permite alcançar Israel e as bases norte-americanas no Golfo Pérsico.

O Presidente Mahmoud Ahmadinejad garantiu que o míssil ensaiado hoje poderá enviar “para o Inferno” qualquer país que ataque a República Islâmica.

“O Sejil 2, que tem tecnologia avançada, foi lançado hoje e caiu exactamente no alvo visado”, acrescentou o Presidente iraniano, citado pela agência IRNA.

O míssil é uma nova forma de pressão sobre Israel, que continua a manter em aberto a hipótese de um ataque militar contra as instalações nucleares iranianas, e sobre os Estados Unidos, que não descartam a hipótese de uma acção militar contra Teerão, apesar das tentativas de aproximação da Administração Obama.

Este míssil terra-terra tem um alcance idêntico ao míssil balístico iraniano Shahab 3, desenvolvido há alguns anos pela República Islâmica.

Analistas militares ouvidos pela Reuters dizem que o Seiji é uma ameaça para Israel e para as bases norte-americanas no Golfo Pérsico, enquanto peritos citados pela Associated Press dizem que a arma pode alcançar alvos no sudeste europeu.

O vice-ministro da Defesa de Israel, Danny Avalon, disse que a Europa devia estar alarmada com este lançamento. “No plano estratégico, isto não muda nada para nós, pois os iranianos já tinham testado um míssil com um alcance de 1500 quilómetros, mas isto devia preocupar os europeus”, disse o responsável governamental, citado pela AFP.