Académica não deixa Paços continuar os festejos da Taça

16 avos-de-final
da Taça UEFA

a Poucos dias depois da sensacional vitória na Choupana frente ao Nacional (2-3), que colocou o Paços na final da Taça de Portugal pela primeira vez da sua história, a formação nortenha não conseguiu melhor do que um empate frente a Académica.Para Domingos Paciência, o resultado não terá sido uma novidade: nos cinco embates anteriores frente ao Paços, o treinador da Académica nunca saiu derrotado, quer na altura em que orientava o Leiria ou desde que se mudou para Coimbra, na época passada. Mas, na Mata Real, o Paços tinha a história do seu lado: nunca perdeu nos cinco duelos com os academistas (duas vitórias e três empates).
Se pesarmos todos estes dados, o empate final não terá sido uma completa surpresa. O Paços marcou no primeiro remate à baliza de Peskovic - foi Pedrinha a abrir o activo, depois de um mau alívio, logo aos cinco minutos. E ficou-se por aí: o segundo remate no jogo só apareceria na segunda parte...
A Académica, que na primeira volta tinha ganho em Coimbra por 2-1, viu o defesa Orlando fazer novamente o papel de salvador. Foi ele o autor do golo da vitória em Dezembro, quando a "Briosa" derrotou o Paços, foi ele o autor do golo de ontem: aos 59', Miguel Pedro cruzou a bola para a área e o central cabeceou para o fundo da baliza.
Depois, as mãos de Peskovic voltaram a impedir uma derrota conimbricense. O duelo entre o médio Ferreira e o guarda-redes eslovaco ficou marcado para os minutos finais do jogo. E aí, levou a melhor Peskovic, com duas grandes defesas a negar o golo da vitória ao Paços.
Esta divisão de pontos deixa a Académica - que na próxima jornada recebe o Sporting, em Coimbra -, no oitavo lugar da classificação, beneficiando do empate do Guimarães com o Leixões (2-2 em Matosinhos). Já os pacenses seguraram o décimo posto, longe da zona de despromoção.
Primeira mão
Equipa A - Equipa B 1-0
Equipa A - Equipa B 0-0
Segunda mão
Equipa A - Equipa B 1-0
Equipa A - Equipa B
P. Ferreira 1
Académica 1
Jogo na Mata Real, em Paços de Ferreira.
Assistência Cerca de 2.000 espectadores
P. Ferreira Cássio, Ricardo, Ozéia, Danielson, Kelly, Pedrinha, Filipe Anunciação, Chico Silva (Filipe Gonçalves, 81'), Rui Miguel, Edson (Ferreira, 46') e Cristiano (Carlos Carneiro, 18').
Académica Peskovic, Berger (Saleiro, 26'), Luiz Nunes, Orlando, Hélder Cabral, Nuno Piloto, Tiero, Cris, Pedrinho, Lito (Miguel Pedro, 46') e Éder (Licá, 73').
Árbitro Carlos Xistra, de Castelo Branco.
Amarelos Orlando (45'+2'), Rui Miguel (45'+4'), Kelly (58'), Ozeia (61'), Filipe Anunciação (63'), Saleiro (83').
Golos 1-0 por Pedrinha, aos 5'; 1-1, por Orlando, aos 59'.