Golo muito contestado de Baba dá empate ao Marítimo

A O Rio Ave continua sem vencer no Estádio dos Barreiros. Ontem à tarde, um golo do brasileiro Baba, a três minutos dos 90, salvou o Marítimo de uma derrota em casa frente aos vila-condenses.Foi o Rio Ave que se adiantou no marcador, com um golo do médio Niquinha, aos 76 minutos de jogo. Mas a vantagem não durou muito tempo. Aos 87 minutos, e depois de um cruzamento para a área, Baba, que tinha entrado para o lugar de Lelo, saltou com Paiva e marcou de cabeça o golo que restabeleceu o empate. Um golo muito contestado pela equipa de Vila do Conde. O guarda-redes do Rio Ave reclamou ter sido carregado em falta pelo brasileiro, e acabou por ser expulso depois da amostragem de dois cartões amarelos, o primeiro por protestos e o segundo por ter pontapeado os painéis de publicidade. Na sequência da expulsão, o treinador João Eusébio tirou o médio Livramento para a entrada do guarda--redes suplente César.
Depois de terem sido eliminadas da Taça de Portugal, as duas equipas fizeram uma primeira parte sem grandes oportunidades de golo. A primeira jogada de perigo pertenceu aos madeirenses, com um cabeceamento do avançado Lelo, aos três minutos de jogo, a sair por cima da barra, e mais tarde (40') com Vicentini a falhar o remate em cima da linha de golo, depois de um cruzamento de Marcinho.
Com 0-0 ao intervalo, o técnico Lori Sandri, que viu o jogo na bancada por cumprir castigo de 15 dias após ter sido expulso na partida da Taça com o Arouca, fez entrar os avançados Djalma, Vítor Júnior e Baba, esgotando as substituições aos 72 minutos.
Mas foi Niquinha, que já tinha ameaçado aos 10 minutos com um remate defendido por Marcos, que deu vantagem aos visitantes. O golo polémico do empate, 12 minutos depois, evitou a derrota, com Baba a estrear-se da melhor maneira esta época na equipa maritimista. No final da partida, as duas equipas estavam reduzidas a dez jogadores, com a expulsão de Paiva e Olberdam.
Marítimo 1
Rio Ave 1
Jogo no Estádio dos Barreiros, no Funchal. Assistência 4500 espectadores
Marítimo Marcos; Briguel, Fernando Cardozo, João Guilherme, Miguelito, Olberdam, Bruno, Vicentini, (Djalma, 60'); Marcinho, Manú (Vitor Júnior, 72'), Lelo (Baba, 72').
Rio Ave Paiva; Miguel Lopes; Gaspar; Bruno Mendes; Sílvio; André Vilas Boas; Niquinha; Livramento; (César, 90') ; Evandro; Semedo; (Ronaldo, 74') ; Chidi; (Tarantini, 81').
Árbitro: João Capela, de Lisboa.
Amarelos Gaspar (23'), Manú (26'), Semedo (28'), Olberdam (29' e 96'), Livramento (46'), Bruno (53'), Evandro (53'), Paiva (87' e 88') e Ronaldo (94'). Vermelhos Paiva (88') e Olberdam (96').
Golos 0-1, por Niquinha, aos 76'; 1-1, por Baba, aos 87'.