Banda desenhada

Livro inédito editado em Portugal assinala os 50 anos de Major Alvega

Filmagens da série exibida na RTP, com realização de Henrique Oliveira
Foto
Filmagens da série exibida na RTP, com realização de Henrique Oliveira Fernando Veludo (arquivo)

O herói clássico de banda desenhada Battler Britton, popularizado em Portugal com o nome “Major Alvega”, regressa este mês às livrarias portuguesas pela mão da editora BDMania, com uma história inédita comemorativa dos 50 anos da personagem.

A história – assinada pelo britânico Garth Ennis e pelo neozelandês Colin Wilson – chega a Portugal no dia 20 de Outubro, dois anos depois da edição nos Estados Unidos, que assinalou, na altura, os 50 anos da estreia do major da Força Aérea Britânica.

A edição portuguesa integra um texto introdutório, assinado por João Miguel Lameiras, que explica porque é que nas histórias publicadas em Portugal, nos anos 1960 e 1970, Battler Britton foi rebaptizado de Major Alvega.

Battler Briton, um herói de guerra que viveu dezenas de aventuras durante a Segunda Guerra Mundial, sobretudo contra a aviação alemã, foi publicado pela primeira vez em 1956, na revista semanal Sun.

Em Portugal, as histórias do aviador britânico fizeram furor na revista “O Falcão” com o nome Major Alvega e toda a biografia foi “aportuguesada”, por imposição do Estado Novo. À custa disso, Robert "Battler" Britton passou a ser Jaime Eduardo de Cook e Alvega, filho de pai ribatejano e mãe inglesa, estudante da Universidade de Coimbra, antes de se alistar na Força Aérea Britânica.

“A popularidade da personagem junto do público português foi tal que a própria Força Aérea Portuguesa o escolheu como mascote nos anos 60”, refere João Miguel Lameiras na nota introdutória desta nova história.

Nos anos 90’, as histórias de Major Alvega foram adaptadas para televisão, com a exibição de uma série na RTP realizada por Henrique Oliveira e protagonizada por Ricardo Carriço, Rosa Bella e António Cordeiro.

Ao longo de 120 páginas a cores, Garth Ennis e Colin Wilson renovam a imagem de Battler Britton, numa história passada em 1942, com o piloto a ser enviado para uma base norte-americana no Norte de África, para travar - em conjunto com a aviação britânica - o avanço das tropas alemãs comandadas por Hitler.