Cerimónia de abertura decorreu hoje no Estádio "Ninho de Pássaro"

Atletas de boccia são os primeiros portugueses a competir nos Paralímpicos

Foto
Hou Bin, um campeão paralímpico chinês, foi içado numa cadeira de rodas e acendeu a chama olímpica Claro Cortes IV/Reuters

Os nove atletas da equipa de boccia são os primeiros portugueses a entrar em acção nos Jogos Paralímpicos Pequim2008 amanhã, o primeiro dia de competições. Hoje, decorreu a cerimónia de abertura dos jogos no Estádio "Ninho de Pássaro", onde desfilaram as 148 delegações dos países que participam no encontro.

Atingiu o seu limite de artigos gratuitos

A chama paralímpica foi acesa por um campeão paralímpico chinês, içado numa cadeira de rodas até ao topo da pira, naquele que foi um dos pontos altos da cerimónia de abertura, mais simples que dos Jogos Olímpicos, mas que entusiasmou o público.

Depois de ter recebido a chama das mãos de Ping Yall, a primeira campeã paralímpica chinesa, que percorreu parte da pista com um cão-guia, Hou Bin foi içado dezenas de metros na sua cadeira de rodas, antes de o “Ninho do Pássaro” se encher de palmas e fogo-de-artifício com o acender da pira.

Os mais de 4000 atletas, distribuídos pelas 148 delegações que participam nos Paralímpicos, desfilaram depois no estádio durante cerca de hora e meia. Portugal foi o 125º país a mostrar-se.

Na cerimónia, o presidente do Comité Paralímpico Internacional, Philip Craven, agradeceu o trabalho de todos os chineses na organização do evento, que termina a 17 de Setembro, e manifestou-se convicto de que "durante os onze dias de competição todos os atletas vão dar o seu máximo".

Esta madrugada primeiros portugueses entram na competição

No Fencing Hall, a partir das 09h00 locais (02h00 em Lisboa), António Marques e João Paulo Fernandes são os primeiros portugueses a competir, no torneio individual de BC1.

Cristina Gonçalves e Fernando Ferreira vão disputar a primeira ronda do torneio de BC2, enquanto Armando Costa, Eunice Raimundo e Mário Costa participam na prova de BC4.

Na categoria de BC3, Portugal estará representado por Bruno Valentim e Fernando Ferreira.

O boccia destina-se a atletas com paralisia cerebral, em cadeira de rodas, e pode ser disputado individualmente, em pares ou por equipas de três elementos, sem divisão por sexos.

Portugal, que nos Jogos Atenas2004 conquistou seis medalhas no boccia, vai competir nas três variantes da modalidade.

Nos Jogos Paralímpicos Pequim2008, que terminam a 17 de Setembro, competem 35 atletas portugueses, nas modalidades de atletismo, boccia, ciclismo, equitação, natação, remo e vela.