Descoberta pode levar ao desenvolvimento de uma vacina

Cientistas põem a nu estratégia desconhecida do vírus do Ebola

Os cientistas descobriram a estratégia usada pelo Ebola
Foto
Os cientistas descobriram a estratégia usada pelo Ebola Reuters

Um grupo de investigadores conseguiu congelar o vírus do Ebola e identificar o truque que este vírus de febre hemorrágica usa para entrar nas células. A equipa diz acreditar, num artigo publicado na edição de amanhã da revista "Nature", que a descoberta possa conduzir a uma vacina contra a doença.

Segundo o artigo, os investigadores não só identificaram o truque, como têm provas disso: trata-se de uma proteína, que conseguiram fotografar, e que é usada por muitos outros vírus para entrar nas células. mas não se sabia até agora se era também usada pelo Ebola.

Mas o Ebola tem uma estratégia própria: "A proteína em causa cola-se aos hidratos de carbono presentes no sangue e actua quase de modo invisível, como vemos nos filmes do Harry Potter", explicou Erica Ollmann Saphire, uma das investigadoras do Instituto de Investigação Scripps, um dos mais prestigiados do mundo, em la Jolla, Califórnia. A estratégia pode explicar a razão pela qual o Ebola é tão mortal.

Mas a equipa afirma que conseguiu identificar pequenos pontos frágeis na armadura desta proteína e tem esperança que isso possa conduzir a uma estratégia eficaz contra o vírus, como uma vacina ou um tratamento.

A febre hemorrágica provocada pelo Ebola é rara mas não tem cura ou tratamento. Normalmente mata 50 a 90 por cento das suas vítimas. Os pacientes ficam com febre, desidratados, sangram e entram em choque, até que morrem. O último surto detectado foi no Uganda, em Fevereiro.