Cancro diagnosticado há dez meses

Realizador Sydney Pollack morre aos 73 anos

O maior êxito do realizador norte-americano foi o filme “África Minha”
Foto
O maior êxito do realizador norte-americano foi o filme “África Minha” Reuters

O realizador e actor Sydney Pollack morreu ontem aos 73 anos, devido a um cancro que lhe tida sido diagnosticado há cerca de dez meses. Leslle Dar, agente do realizador, disse à Reuters que Pollack morreu na sua residência em Pacific Palisades, Los Angeles, rodeado pela família.

O maior êxito do realizador norte-americano foi o filme “África Minha”, com Robert Redford e Meryl Streep, que lhe valeu os Óscares de Melhor Realizador e Melhor Filme em 1986.

Nascido em 1934, Pollack iniciou a sua carreira no cinema como actor, actividade que nunca abandonou.

Como realizador, dirigiu vários nomes conhecidos da sétima arte, entre eles Burt Lancaster, Jane Fonda, Robert Mitchum, Al Pacino, Tom Cruise, Harrison Ford e Nicole Kidman.

O último filme em que Sydney Pollack participou foi “Michael Clayton – Uma Questão de Consciência”.