Já durante o prolongamento

Já durante o prolongamento: Final da Taça de Portugal: Sporting vence Porto por 2-0 e ganha troféu

Romagnoli, depois de uma jogada com Izmailov, marcou golo mas estava alegadamente fora de jogo
Foto
Romagnoli, depois de uma jogada com Izmailov, marcou golo mas estava alegadamente fora de jogo Mário Cruz (arquivo)

Os leões conquistaram, assim, o prémio pela segunda vez consecutiva, ao vencer o FC Porto por 2-0, depois de um empate sem golos no tempo regulamentar. Os "leões" garantiram assim o segundo troféu da época, depois de terem conquistado a Supertaça Cândido de Oliveira, também frente ao FC Porto, e perdido a Taça da Liga, para o Vitória do Setúbal.

O encontro foi decidido na segunda parte do prolongamento com dois golos do avançado brasileiro Rodrigo Tiuí, aos 110 e 117 minutos, numa altura em que o FC Porto jogava em inferioridade numérica, após expulsão de João Paulo (71).

Depois de no ano passado ter derrotado na final do Jamor o Belenenses, por 1-0, o Sporting garantiu hoje a 15ª Taça de Portugal do seu historial, a segunda conquistada sob o comando técnico de Paulo Bento.

O FC Porto, tricampeão nacional, falhou assim a conquista da sexta "dobradinha" do seu historial, feito que conseguiu pela última vez em 2005/2006 sob o comando técnico do holandês Co Adriaanse.

Os 90 minutos de jogo não foram suficientes para nenhuma das duas equipas finalistas da Taça de Portugal marcasse golo. O encontro chegou ao intervalo empatado a zero. Os leões criaram mais perigo, tendo Romagnoli, depois de uma jogada com Izmailov, chegado mesmo a marcar, mas o lance foi anulado por alegado fora de jogo do camisola 30.

Aos 70 minutos o árbitro Olegário Benquerença mostrou cartão vermelho a João Paulo, do FC Porto, por uma entrada a pés juntos sobre João Moutinho, tendo a equipa passado a jogar apenas com dez membros.

O encontro contou com a presença do Presidente da República, Cavaco Silva, assim como dos ministros da Presidência, Pedro Silva Pereira, da Economia, Manuel Pinho, dos Assuntos Parlamentares, Augusto Santos Silva, e do secretário de Estado da Juventude e Desporto, Laurentino Dias.

EquipasSporting

: Rui Patrício, Abel (Tiuí, 91) Tonel, Polga, Grimi, Miguel Veloso, João Moutinho, Izmailov (Pereirinha, 76), Romagnoli, Derlei (Gladstone, 116) e Yannick Djaló. (Suplentes: Tiago, Ronny, Gladstone, Farnerud, Pereirinha, Vukcevic e Tiuí).

FC Porto

: Nuno, Fucile, Pedro Emanuel, Bruno Alves, João Paulo, Paulo Assunção (Tarik Sekitoui, 112), Raul Meireles (Kazmierczak, 104), Lucho Gonzalez, Mariano (Lino, 79), Ricardo Quaresma e Lisandro Lopez. (Suplentes: Ventura, Lino, Stepanov, Bolatti, Kazmierczak, Tarik Sekitoui e Farias).

Árbitro

: Olegário Benquerença (Leiria).

Acção disciplinar

: Cartão amarelo para Paulo Assunção (36), Abel (54), Raul Meireles (96), Derlei (101), Lucho Gonzalez (112). Vermelho directo para João Paulo (71).

Assistência

: 37.600 espectadores.