Metropolitano discutido amanhã em Aveiro

a A Câmara Municipal de Aveiro está apostada em trazer novamente à luz do dia o projecto de metro ligeiro de superfície para a cidade. O projecto não passa, por enquanto, duma vaga intenção, mas, a avançar, tudo indica que abrangeria alguns do municípios vizinhos, como é o caso de Ílhavo. É nesse âmbito que a autarquia promove, amanhã, a realização de um seminário, cujo objectivo é debater as repercussões económicas, ambientais e em matéria de mobilidade, que possam justificaro metro ligeiro para a região de Aveiro. Além de autarcas, está anunciada a participação no encontro de vários especialistas nacionais e europeus.
Apesar de se escusar a revelar pormenores quanto ao estado do projecto, a actual maioria PSD-CDS/PP considera que a ideia de dotar Aveiro de um metro é cada vez mais pertinente. Capão Filipe, vereador do pelouro da Mobilidade, não deixa de lamentar que, durante a gestão socialista da autarquia, o projecto tenha sido "colocado de lado". "Um dos objectivos deste seminário passa por colocar o metro de novo na agenda política", vincou o autarca, a propósito do debate que irá juntar representantes dos metros do Porto e Mondego, Trandev, entre outras empresas.
A Quercus e a Associação Portuguesa do Veículo Eléctrico também foram chamadas a participar na discussão, que terá lugar a partir das 10h00, no edifício da antiga Capitania de Aveiro.
O vereador com o pelouro da Mobilidade, Capão Filipe, lamenta que a ideia não tenha avançado mais cedo