Boris Johnson eleito mayor de Londres

Foto
Livingstone (à esquerda) cumprimenta Johnson pela vitória nas eleições Luke MacGregor/Reuters

Boris Johnson conseguiu 1.168.738 dos votos, contra 1.028.966 para Ken Livingstone, anunciou um responsável pelos serviços eleitorais britânicos na câmara de Londres.

Instantes depois do anúncio da sua vitória, Johnson, antigo jornalista, salientava a “participação recorde” de 45 por cento (37 por cento em 2004) nestas eleições.

“Quero agradecer aos londrinos mas, antes de mais, quero dizer às pessoas que votaram em mim: trabalharei para merecer a vossa confiança e para afastar alguns mitos que me dizem respeito”.

Sobre Ken Livingstone, o vencedor disse ver nele um “servidor muito importante do público e um dirigente que marcou esta cidade”, ganhando “a admiração de milhões de londrinos” depois dos atentados de 7 de Julho de 2005.

Livingstone ofereceu a sua ajuda ao seu sucessor. “Mas qualquer que seja o meu papel, continuarei, enquanto viver e respirar, a viver nesta cidade e a amar esta cidade, a trabalhar para torná-la um sítio melhor”.

Ao assumir os destinos de Londres para um mandato de quatro anos, Boris Johnson terá um orçamento anual de onze mil milhões de libras (14 mil milhões de euros) para o financiamento dos transportes públicos, serviços de urgência, ambiente e economia. Cabe-lhe ainda os preparativos para os Jogos Olímpicos de Verão de 2012 em Londres.

A contagem dos votos demorou mais tempo que o previsto com um anúncio do resultado avançado pouco antes da meia-noite. A previsão inicial apontava para as 20h30.

Nestas eleições locais em Inglaterra e no País de Gales, o Partido Trabalhista de Gordon Brown sofreu a sua maior derrota dos últimos 40 anos.