Actualização - com mais de 70% dos votos contados

Medvedev eleito Presidente da Rússia

Foto
Dmitry Astakhov/Reuters

O sucessor nomeado por Vladimir Putin, Dmitri Medvedev, foi ontem eleito o novo Presidente da Rússia, numa altura em que 70,23% dos votos já foram contabilizados, anunciou hoje o presidente da comissão eleitoral central, de acordo com os resultados preliminares quase definitivos.

O candidato comunista, Gennady Zyuganov, obteve 17,76 por cento dos votos até ao momento, o ultranacionalista Vladimir Jirinovski 9,37 por cento, e o candidato pró-Europa Andrei Bogdanov, 1,29%, segundo o presidente da comissão de eleições, Vladimir Tchurov.

A taxa de participação eleitoral rondou os 69,65 por cento, precisou Tchurov.

Ontem à noite, com apenas 30 por cento dos votos contados, duas horas após o fecho das urnas na Rússia, um glorioso Medvedev já festejava, ao lado de Putin, a vitória nas presidenciais russas. Medvedev, 42 anos, que trabalha há 18 anos ao lado de Putin, e que todos acreditam que irá prolongar o seu poder, apareceu sorridente ao lado do ainda Presidente no concerto marcado para as celebrações na Praça Vermelha.

Entretanto, o chefe da única missão de observadores ocidentais presente na Rússia, para monitorizar as eleições, oriunda do seio da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa, Andreas Gross, indicou em conferência de imprensa que as eleições não foram "justas" nem "livres".