Solidez e actividade do BCP não estão afectados

Constâncio: ainda não existe nenhuma acusação deduzida sobre gestores do BCP

Vítor Constâncio
Fotogaleria
Vítor Constâncio Enric Vives-Rubio (arquivo)
Fotogaleria

O governador do Banco de Portugal assegurou hoje que ainda não existe nenhuma acusação deduzida sobre qualquer gestor do BCP.

Vítor Constâncio sublinhou ainda, perante os deputados da comissão de Orçamento e Finanças, que não existe situação de risco iminente no BCP, afastando “qualquer problema de sustentabilidade e de solidez do BCP” face à actual crise do banco

“A qualidade reconhecida da tecnoestrutura do BCP garante a qualidade da actividade do banco”, sublinhou ainda Constâncio, acrescentando que teria vindo mais cedo a esta comissão parlamentar se tivesse tido conhecimento de que a intenção primeira dos deputados era a abordagem da temática BCP e dos alegados ilícitos encontrados na gestão do banco.

Sugerir correcção