Estados Unidos promovem reunião sobre alterações climáticas em Setembro

Foto
Bush convidou onze países mais a UE e a ONU para participarem na conferência em Washington Jason Reed/Reuters

O Presidente George W. Bush convidou onze países mais a União Europeia e as Nações Unidas para participarem na conferência, em Washington, que pretende definir, até 2008, uma meta de redução das emissões.

Bush tinha proposto a realização da conferência no final de Maio, antes da cimeira do G8 na Alemanha, mas só agora revelou mais pormenores.

No convite, Bush garante que "os Estados Unidos querem colaborar com outras grandes economias" para se chegar a um acordo global com vista à redução das emissões de gases com efeito de estufa, mas um responsável norte-americano disse que a Administração mantém a sua oposição a metas que incluam redução obrigatórias.

Em Junho, na cimeira do G8, Bush aceitou fazer "reduções substanciais" sobre as emissões e negociar um novo tratado climático global, substituto do Protocolo de Quioto, que termina em 2012, mas recusou-se a assinar metas concretas sem que as economias emergentes, como a China e a Índia, também o façam.

A China e a Índia estão entre os países convidados para a conferência — cuja anfitriã será a secretária de Estado norte-americana, Condoleezza Rice —, onde também vão participar Japão, Canadá, Brasil, Coreia do Sul, México, Rússia, Austrália, Indonésia e África do Sul.

Sugerir correcção
Comentar