Crítica

Dia de Surf

Pinguins surfistas? Não é mais descabido do que pinguins que cantam e dançam, com a vantagem de que "Dia de Surf ", falso documentário (!) em animação digital sobre a ascensão de um puto pinguim sonhador à elite do surf pinguim (!!), é infinitamente melhor do que "Happy Feet": divertido, despretensioso, tecnicamente irrepreensível, com uma "arma secreta" na versão original que é a voz de Jeff Bridges no papel de um sábio pinguim zen (!!!).

Esta segunda produção dos estúdios de animação da Sony (depois do pouco convincente "Boog & Elliott Vão à Caça") é um portento visual com personagens inspiradas (a galinha surfista, o choco salva-vidas, os pinguins canibais...); só é pena que os gagues, as personagens e as diversões laterais sejam maisconseguidas do que a história, narrativa formulaica epouco inspirada sobre a aprendizagem da idade adulta.

Mas que importância é que isso tem quando há pinguins surfistas a fazer tubos?