Crítica

Harry Potter

A saga do jovem feiticeiro mantém o nível médio dos episódios anteriores, acentuando, de novo, o lado negro da ficção e instrumentalizando os valores de produção, de modo a corresponder a um público-alvo, pouco exigente, porque predisposto a digerir a relação com o livro, independentemente da eficácia fílmica do produto.

Ou seja, o reconhecimento funciona como fim em si, sem que a realização comprometa, nem forneça grandessurpresas ou arrojadas mudanças de rumo. Como convém a uma aventura de série para aspirantes a aventureiros ou a "muggles" adultos curiosos.

Sugerir correcção