Manuel Queirós e Armando Esteves Pereira ficam como adjuntos

Octávio Ribeiro vai dirigir o “Correio da Manhã”

Octávio Ribeiro, 43 anos, entrou no diário em Outubro de 2002, quando assumiu as funções de editor executivo
Foto
Octávio Ribeiro, 43 anos, entrou no diário em Outubro de 2002, quando assumiu as funções de editor executivo Miguel Silva/PÚBLICO (arquivo)

O actual director-adjunto do “Correio da Manhã”, Octávio Ribeiro, vai ser o novo director do jornal, na sequência da saída de João Marcelino para o “Diário de Notícias”.

Octávio Ribeiro vai ser acompanhado na direcção deste diário do grupo Cofina por Armando Esteves Pereira, que passa de editor executivo a director-adjunto, e por Manuel Queirós, actual subdirector, que mantém o cargo.

Octávio Ribeiro, 43 anos, entrou no diário em Outubro de 2002, quando assumiu as funções de editor executivo, passando posteriormente para chefe de redacção. No seu currículo constam ainda lugares de chefia na TVI e no semanário “O Independente”.

Armando Esteves Pereira, 38 anos, trabalhou no PÚBLICO, na secção de economia, de onde saiu para o “Correio da Manhã”, também para a área de economia, da qual veio depois a ser editor. Era editor executivo do jornal, responsável pelas áreas de política e economia.

Manuel Queirós foi jornalista do PÚBLICO (onde editou a secção de Desporto), de onde transitou para o “Correio da Manhã”. Dirige a delegação do Porto.