Canal Fox estreia Prison Break em sinal aberto

Canal por cabo estará descodificado até ao fim do ano. Para ver até lá séries como The Unit, O Meu Nome É Earl, Ossos e O Apelo

Séries premiadas e/ou em exibição nos Estados Unidos com assinalável êxito, mas em estreia em Portugal, são o aliciante que o canal Fox propõe até ao fim do ano, período em que emitirá em sinal descodificado. O Fox e o infantil Nickelodeon, exclusivos do pacote Funtastic Life, estarão em sinal aberto na TV Cabo para os clientes com serviço digital (cabo e satélite) a partir de dia 1 de Novembro e até ao fim de Dezembro - basta desligar e voltar a ligar a powerbox.A manobra de marketing pretende também potenciar a adesão ao serviço digital da TV Cabo, através da subscrição do pacote Funtastic Life, onde o Fox se insere.
Prison Break, um dos grandes êxitos nos Estados Unidos desde o lançamento há um ano, dará o pontapé de saída para a iniciativa e tem estreia marcada para dia 2, pelas 22h15. A história desenvolve-se em torno da tentativa de fuga de uma prisão de alta segurança: convicto que o irmão, Lincoln Burrows (Dominic Purcell), não cometeu o assassinato por que foi condenado à morte, Michael Scofield (Wentworth Miller) assalta um banco para ser encarcerado na mesma prisão. Com a planta do edifício tatuada no corpo, irá tentar reunir um grupo diversificado de prisioneiros para levar avante o seu plano.
A lista de prémios e nomeações fala por si: ganhou um ALMA (American Latino Media Arts Awards) para melhor realizador e o prémio da People"s Choice para a melhor nova série de TV. Nas nomeações contam-se: o prémio Saturn (da Academia de Ficção Científica, Fantasia e Filmes de Terror) para melhor actor; um Eddie para a edição; um Emmy pela música; um Golden Globe para melhor actor; quatro nomeações nos Teen Choice Awards; e de melhor novo programa do ano pela Associação dos Críticos de TV.
Se esta série analisa o sistema prisional norte-americano, outro êxito do momento entranha-se nos movimentos das forças especiais do exército dos Estados Unidos. The Unit (A Unidade), estreia no dia 7, às 22h15. Baseia-se no livro Inside the Delta Force, escrito por Eric Haney - também produtor executivo, a par de David Mamet (Hannibal e Manobras na Casa Branca), e Shawn Ryan (The Shield). A primeira temporada começou a 7 de Março e teve uma média de 16 milhões de espectadores.
A Unidade é a equipa especial liderada pelo coronel Tom Ryan (Robert Patrick, de Exterminador Implacável) e com Jonas Blane (Dennis Haysbert, 24) como soldado veterano, cuja tarefa principal é enfrentar situações difíceis como ataques terroristas, reconhecimento em terreno hostil, segurança de altas individualidades do Estado, entre outras missões secretas.
A RTP adquiriu os direitos destas séries, mas não foi possível saber quando as emitirá.
Na lista da Fox estão também Tru Calling: O Apelo (11 de Novembro), uma série juvenil sobre as visões de Tru Davies (Eliza Dushku) que já passou na 2:; O Meu Nome É Earl e American Dad (3 de Dezembro); e Ossos (dia 13).
Mas nem só de novidades vive o canal subsidiário da cadeia americana com o mesmo nome. Da actual grelha de programação do Fox fazem parte séries já bem conhecidas como Ficheiros Secretos, Os Simpsons, Sete Palmos de Terra, The Pretender. Em simultâneo com os canais de sinal aberto, o Fox transmite Dr. House (TVI), The O.C. - Na Terra dos Ricos (RTP1), Perdidos (RTP1), Invasão (RTP1), 24 (2:), Futurama (animação, do criador dos Simpsons, Matt Groening, que passou na 2:) - na maioria dos casos a diferença está na temporada em exibição. Também transmite o êxito Donas de Casa Desesperadas, cuja primeira temporada passou na SIC em horário nobre.
Depois, há ainda séries que nunca passaram na televisão de sinal aberto portuguesa. Family Guy e King of the Hill são séries de animação com um cunho satírico muito peculiar; John Doe é uma série sobre um homem que não se recorda quem é, apesar do seu profundo conhecimento sobre tudo o resto.

Nickelodeon segue o exemploO canal infantil Nickelodeon (posição 33 da grelha) vai seguir o exemplo do Fox e irá também emitir em sinal descodificado nos próximos dois meses. O canal de animação dirigido a crianças entre os dois e os 14 anos anunciou que apresentará mais aventuras de Kappa Mikey, novos episódios do SpongeBob (a mascote do canal) e compactos da série sobre o quotidiano da família Nickelodeon, protagonizada por uma família portuguesa "eleita" num concurso realizado há alguns meses. Marcarão igualmente presença as aventuras de Jimmy Neutron e dos Rugrats.
A interactividade com o público através de passatempos continuará a ser um dos trunfos do canal, que aposta igualmente num funcionamento próximo com o site, em www.nick.pt.