Golo de Jardel só deu para o empate

Beira-Mar e Aves dividiram pontos

Jardel marcou no regresso à liga portuguesa, mas nem assim o Beira-Mar conseguiu derrotar em Aveiro o Aves, que jogou durante mais 40 minutos só com dez jogadores por expulsão de Sérgio Carvalho. O Beira-Mar entrou a perder, conseguiu dar a volta ao resultado com golos de Jardel e Vasco Matos, mas acabou por ceder o empate (2-2) a cinco minutos do fim.Mesmo gordo e com pouco fôlego, Jardel mostrou faro de goleador e foi a referência do ataque aveirense. Ao ponto de os seus companheiros terem optado sistematicamente por cruzamentos para a área, à procura da cabeça do brasileiro, sobretudo depois de terem sido surpreendidos, logo aos 2", com um golo em contra-ataque de Hernâni. Mas só por uma vez, aos 40" do primeiro tempo, Jardel voou sobre os centrais e cabeceou com violência uma bola que ainda bateu na barra antes de cruzar a linha de golo.
Apesar da expulsão de Sérgio Carvalho, logo no início da segunda parte, o Aves permaneceu unido, apostando na velocidade dos seus extremos para manter o Beira-Mar em respeito. Mas aos 82", em mais uma jogada para a cabeça de Jardel, a bola sobrou para Vasco Matos, que chutou enrolado, enganando Rui Faria. O Beira-Mar ainda comemorava quando o Aves empatou num belo cabeceamento de Anilton, dando justiça ao resultado.