Marinha apresou navio espanhol que pescava ilegalmente nas Selvagens

Foto
O pesqueiro espanhol encontra-se no porto do Funchal João Relvas/Lusa

Esta foi a segunda embarcação espanhola apreendida numa semana pela Marinha portuguesa na zona da reserva natural das Ilhas Selvagens.

A embarcação de pesca apresada no dia 22, que se encontra no porto do Funchal, foi interceptada por dois navios da Marinha portuguesa a cerca de oito milhas da Selvagem Grande com uma tonelada de atum a bordo.

Este é o terceiro incidente nos mares das Selvagens ocorrido este mês, o primeiro dos quais ocorreu a 8 de Junho, quando pescadores furtivos, alegadamente espanhóis, ameaçaram de morte um vigilante do Parque Natural da Madeira e um biólogo.

Este caso suscitou um voto de protesto da Assembleia Legislativa da Madeira contra a política do Governo da República em matéria de vigilância e fiscalização da ZEE portuguesa e "pelo desinteresse e abandono a que votou a Região Autónoma da Madeira no que concerne à dotação de meios efectivos de fiscalização, prevenção e segurança" da ZEE.