Apresentação do projecto

Fundação Champalimaud apresenta Prémio para investigação na área da visão

Foto
DR

A presidente da Fundação Champalimaud, Leonor Beleza, anunciou hoje que a organização vai atribuir de dois em dois anos um Prémio Champalimaud de Ciência a "avanços significativos no âmbito da visão".

Leonor Beleza falava durante a apresentação da Fundação Champalimaud, onde destacou um projecto "particularmente acarinhado".

Trata-se do Prémio Champalimaud de Ciência, que segundo Leonor Beleza será preferencialmente atribuído a instituições que se destaquem na investigação das "doenças que afectem a visão".

A criação da fundação foi anunciada no ano passado depois da morte do empresário António Champalimaud, cuja vontade nesse sentido ficou expressa no seu testamento. O industrial e banqueiro quis que a entidade tivesse o nome dos seus pais - Ana de Sommer Champalimaud e Carlos Montez Champalimaud.

O objectivo será o "desenvolvimento da actividade de pesquisa científica no campo da medicina", para o que conta com uma verba de um terço do total da herança.

A revista americana "Forbes" avaliou, em 2003, a fortuna de Champalimaud em mais de 1,2 mil milhões de euros. Assumindo esse valor, a nova fundação deve contar com um orçamento de 400 milhões de euros.