Superliga

Académica e Sporting Braga empatam 2-2

O jogo foi disputado no Estádio Cidade de Coimbra
Foto
O jogo foi disputado no Estádio Cidade de Coimbra António Simões/Lusa

A Académica e o Sporting Braga empataram hoje 2-2, em jogo da primeira jornada da Superliga de futebol, que se disputou no Estádio Cidade de Coimbra.

O primeiro remate do encontro deu em golo, assinado pelo estreante Ricardo Fernandes, que antes da partida foi alvo da habitual praxe dos "estudantes". Aos cinco minutos, o camisola dez da Académica recebeu um passe de Tixier e com um forte remate de fora da área fez o primeiro golo do jogo, num lance em que o guardião bracarense Paulo Santos poderia ter feito melhor.

A partir daqui o Sporting Braga pegou no jogo e foi com justiça que chegou ao empate ao minuto 18, por intermédio do capitão Paulo Jorge, que, de cabeça, respondeu da melhor forma a um excelente cruzamento com a parte de fora do pé direito do reforço Luís Loureiro.

O conjunto da cidade dos arcebispos continuou a mandar no jogo, apesar de algumas iniciativas do ataque da "briosa", e acabou por chegar à vantagem dez minutos depois, por intermédio do avançado brasileiro Wender.

Numa jogada totalmente "canarinha", Cícero, já perto da grande área da Académica, recuperou uma bola, que sobrou para Vandinho isolar Wender, que à saída de Pedro Roma não teve dificuldade para fazer o segundo tento "arsenalista".

Além dos golos, o Sporting Braga criou diversas oportunidades e poderia ter saído para o intervalo com uma vantagem mais confortável, embora a última ocasião tenha pertencido à Académica.

Aos 43 minutos, mais um erro de Paulo Santos, a deixar passar um cruzamento da direita, que sobra para o brasileiro a Renato Gaúcho, valendo a intervenção de Paulo Jorge, que afastou a bola em cima da linha de golo.

O guardião, que teve uma estreia pouco feliz com a camisola do clube minhoto, voltou a errar logo no primeiro minuto da segunda parte, quando largou uma bola, aparentemente fácil, "oferecendo" o segundo golo a Ricardo Fernandes, que não perdeu a oportunidade de bisar no seu primeiro jogo oficial pelos estudantes.

A partir dos 70 minutos, o jogo animou depois do bracarense João Tomás ter estado perto do golo, quando fez a bola passar junto ao poste esquerdo da baliza da Académica.

No minuto seguinte, de novo o Sporting de Braga no ataque e Wender, um dos melhores em campo, a rematar para boa defesa de Pedro Roma, que voltaria a brilhar aos 87 minutos, negando o golo a Luís Loureiro.

A última oportunidade dos "estudantes" pertenceu a Joeano, que, após cruzamento da direita, cabeceou ao lado da baliza de Paulo Santos.