Fugas

Gastronomia

Uma memória do comer à portuguesa

“Quem gosta de comer, e não apenas de se alimentar, come muito com a memória”. Revisão da matéria dada. Um recordatório por David Lopes Ramos, um dos “pais” da Fugas, que morreu em 2011, considerado dos mais importantes jornalistas gastronómicos de Portugal. O texto foi originalmente publicado em Agosto de 2004.