Após o jogo Portugal-Inglaterra

Morreu Fernando Ferreira, treinador dos guarda-redes da União de Leiria

Foto
PUBLICO.PT

O treinador dos guarda-redes da União de Leiria, Fernando Ferreira, morreu ontem à noite no final do encontro entre Portugal e Inglaterra, vítima do que se supõe ter sido um ataque cardíaco.

Segundo fonte do clube, Fernando Ferreira, que tinha 37 anos, encontrava-se de férias no Algarve e, depois da passagem de Portugal às meias-finais, deu um passeio a pé.

Durante o passeio, Fernando Ferreira começou a sentir-se mal, queixando-se do peito. Socorrido pelo INEM, viria a falecer mais tarde. A autópsia está marcada para hoje.

Como guarda-redes, Fernando Ferreira começou num pequeno clube da sua terra, o Soutocico, mas fez quase toda a sua carreira na União de Leiria, somando passagens pelo Lusitano Vila Real de Santo António, Nacional, Camacha e Leixões.

Fernando Ferreira foi o titular da equipa de Matosinhos na final da Taça de Portugal de 2000/2001, num jogo que o Leixões perdeu com o Sporting por 1-0.

Na época passada abandonou a carreira como jogador devido a problemas de saúde, iniciando-se como treinador, auxiliando Vítor Pontes na preparação dos guarda-redes da União de Leiria.

"É uma tragédia irreparável para o clube. Preferia que Portugal tivesse sido eliminado a perder alguém como o Ferreira, um homem extraordinário e um profissional exemplar", disse hoje João Bartolomeu, presidente da SAD da União de Leiria.

O clube pretende homenagear Fernando Ferreira no primeiro jogo da Superliga de 2004/2005. "Estou muito triste e abatido. Quando eu entrei no clube, há 17 anos, já ele lá estava", conclui João Bartolomeu.