Aos 55 anos

Morreu Vítor Damas

Damas foi um dos jogadores mais queridos no Sporting
Foto
Damas foi um dos jogadores mais queridos no Sporting Tiago Petinga/Lusa

O antigo guarda-redes do Sporting Vítor Damas morreu esta madrugada no Instituto Português de Oncologia, em Lisboa, aos 55 anos, vítima de cancro.

Damas começou a sua carreira no Sporting aos 14 anos de idade e aos 15 já conquistara o seu primeiro título, corria o ano de 1962.

Para a história do clube e da carreira de Vítor Damas fica o jogo a contar para a Taça UEFA contra o Glasgow Rangers, em que o guarda-redes defendeu três grandes penalidades. O esforço de Damas de nada serviu porque o Sporting foi, ainda assim eliminado.

Uma saída mal planeada para o FC Porto forçou Damas a jogar durante cinco anos em Espanha, ingressando no Santander em Junho de 1976. Jogou até aos 41 anos e terminou a carreira passando pelo Vitória de Guimarães, onde foi treinado por Pedroto, e pelo Portimonense. Teve ainda tempo de ser o guarda-redes que defendeu a baliza do Sporting nos históricos 7-1 contra o Benfica, já no final da década de 80.

Em 1987 abandona as competições pela selecção nacional e, mais tarde no mesmo ano, o futebol. Algumas incursões pela actividade de treinador marcaram os últimos anos da vida do guarda-redes Vítor Damas, primeiro no Sporting, depois no Atlético e no Carcavelos.

A sua carreira fica marcada por dois títulos de campeão nacional, três Taças de Portugal, 29 jogos pela Selecção A e 52 nas competições europeias.

O Sporting homenageia hoje Vítor Damas no jogo em Alvalade, às 21h30. O corpo do futebolista estará em câmara ardente na Igreja de Nova Oeiras, esta tarde.