Europa

Parlamento Europeu quer inquérito ao desastre do "Prestige"

Foto
PUBLICO.PT

O Parlamento Europeu (PE) debate e vota hoje em Estrasburgo, França, uma proposta de resolução comum que exige à Comissão um inquérito às "responsabilidades das autoridades nacionais e regionais implicadas" no desastre ecológico do "Prestige".

A proposta de resolução conjunta - subscrita pelos eurodeputados portugueses Jorge Moreira da Silva (PSD) e Carlos Lage (PS) - requer um inquérito que apure também as identidades e papéis "de todos os actores envolvidos" e as responsabilidades do armador e do capitão do petroleiro, entre outros aspectos.

À margem dos debates em plenário, a Conferência de Presidentes dos grupos parlamentares do PE vai tomar uma posição sobre os vistos concedidos pela Bélgica a dois ministros do Zimbabwe - que estão na "lista negra" dos Quinze - para poderem participar na próxima sessão da Assembleia Paritária entre a União Europeia (UE) e os países do ACP (África, Caraíbas e Pacífico).

A reunião realiza-se em Bruxelas, entre os dias 25 e 28 deste mês, estando a decisão das autoridades belgas a gerar os protestos dos eurodeputados britânicos devido à situação política e social no Zimbabwe - em particular a dos fazendeiros brancos, cujas terras têm vindo a ser expropriadas.

Os trabalhos de hoje do PE encerram a sessão plenária que debateu e aprovou o alargamento da UE a dez novos Estados-membros em 2004, nas vésperas de o Conselho Europeu de Copenhaga formalizar o convite para a assinatura dos acordos de adesão na próxima Primavera.