Doze aparelhos estarão no país Outubro de 2005

Portugal vai receber em Junho de 2004 o primeiro helicóptero EH 101

Paulo Portas está ainda a considerar incluir como fonte de financiamento o valor de retoma dos equipamentos que Portugal vai substituir
Foto
Paulo Portas está ainda a considerar incluir como fonte de financiamento o valor de retoma dos equipamentos que Portugal vai substituir Manuel de Almeida/Lusa

Portugal vai receber em Junho de 2004 o primeiro de doze helicópteros EH 101, fabricados pelo consórcio europeu Westland/Agusta Helicopters, no valor de 25 milhões de euros cada, anunciou hoje fonte do Ministério da Defesa.

Destes doze helicópteros, dez são para buscas e salvamento, quatro dos quais equipados para combate com provisões para armamento e um sistema de auto-protecção electrónica para afastar os mísseis e preparados para operar a partir do futuro Navio Logístico Polivalente, e dois para o SIFICAP - fiscalização da Zona Económica Exclusiva (ZEE) portuguesa em complemento com os Aviocar.

Os dois aparelhos destinados ao SIFICAP são financiados em 50 por cento pela União Europeia, enquanto cada um dos restantes vai custar ao Estado português 25 milhões de euros, referiu a mesma fonte.

O ministro da Defesa, Paulo Portas, está ainda a considerar incluir como uma das fontes de financiamento o valor de retoma dos equipamentos que Portugal vai substituir, nomeadamente os dez Puma que estão a operar actualmente e que foram comprados por Portugal à França na década de 70. De acordo com a fonte do gabinete de Paulo Portas, para isso é necessário integrar, antecipar e profissionalizar a estrutura de venda do equipamento militar do Estado português.

O anúncio da compra dos doze helicópteros surge depois da última reunião entre o fabricante e a Missão de Fiscalização e Acompanhamento para a Aquisição dos EH 101 para a Força Aérea, presidida pelo General Luís Araújo, que se realizou ontem em Milão. Nesta reunião contratual ficou acordada entre as partes a configuração final dos EH 101. Assim, em Janeiro de 2003 entra em linha de montagem o primeiro EH 101 e, como o fabrico demora cerca de nove meses, este aparelho vai começar a fazer voos de engenharia (testes) em meados de Setembro ou Outubro. Os voos de testes serão feitos em Cascina Costa, Milão.

O primeiro EH 101 vai ser entregue à Força Aérea em Junho de 2004, mas ficará em Milão para a instrução aos pilotos portugueses.

Em Julho de 2004, o segundo EH 101 virá para Portugal. Posteriormente, virá um helicóptero por mês até ao final de Outubro de 2005. Todos os helicópteros vão chegar a Portugal qualificados e certificados pela Força Aérea.