12 milhões de euros em 20 dias de exibição

"O Crime do Padre Amaro" é o novo recordista de bilheteira no México

O filme "O Crime do Padre Amaro" é o novo recordista de bilheteira do México, tendo arrecadado cerca de 12 milhões de euros em 20 dias de exibição, segundo anuncia a imprensa da capital mexicana.

A longa metragem, realizada por Carlos Carrera, estreou no dia 16 de Agosto e é inspirado no romance de 1875 do escritor português Eça de Queiroz. "O Crime do padre Amaro" estreou em 400 cinemas e bateu o recorde de outro filme mexicano, "Sexo, Pudor y Lágrimas", de 1999, que obteve 11,80 milhões de euros, seguindo-se "Amores Perros", de 2000, com 10,5 milhões de euros.

O novo recorde do filme que narra a história de um sacerdote que tem relações com uma jovem de 16 anos superou inclusive produções internacionais como a "Guerra das Estrelas, "O Senhor dos Anéis" e "Homem Aranha", entre outros.

Grupos conservadores e sectores da Igreja Católica mexicana contestaram a exibição do filme, o que despertou ainda maior interesse dos espectadores.