Universidade de Évora

Óscar Lopes recebe Prémio Vergílio Ferreira

O ensaísta Óscar Lopes foi galardoado com o Prémio Vergílio Ferreira, referente a 2002, instituído pela Universidade de Évora, atribuído anualmente à obra de um autor de língua portuguesa.

A Universidade de Évora indica, em comunicado, que o prémio foi atribuído "consensualmente" por um júri constituído pelas professoras universitárias Rosa Goulart (Açores), Maria Filomena Gonçalves (Évora) e Fátima Marinho (Porto) e pelo crítico literário Carlos Câmara Leme.

O presidente do júri, José Alberto Machado, pró-reitor para a cultura da Universidade de Évora, considerou Óscar Lopes como "uma das personalidades intelectuais mais relevantes do nosso tempo, no âmbito da linguística, da história e crítica literárias".

O prémio, no valor de 5000 euros (mil contos), será entregue a 1 de Março. Maria Velho da Costa, Maria Judite de Carvalho, Mia Couto (Moçambique), Almeida Faria e Eduardo Lourenço foram alguns dos já galadoardos com o Prémio Vergílio Ferreira.